Publicado 06 de Fevereiro de 2020 - 16h57

Por Adagoberto F. Baptista

Alenita Ramirez

[email protected]

Foto: Wagner

Um idoso de 86 anos levou pânico a vizinhança na manhã desta quinta-feira, no Jardim Florence 2, no distrito do Campo Grande, em Campinas. Ao colocar fogo em uma caixa de marimbondos, que estava entre o muro do seu depósito de sucatas e a parede de uma casa, as chamas saíram fora de controle e destruiu o local e por pouco atingiu o imóvel vizinho. Ninguém ficou ferido, mas a fiação elétrica da rua e da casa foi queimada.

O incidente aconteceu por volta das 9h30, na Rua Rafael de Souza. O depósito ocupa quatro terrenos da via. A caixa de marimbondos estava entre a calha da casa vizinha e o muro do depósito. Segundo vizinhos, o idoso, identificado apenas por João, colocou fogo para espantar os insetos, mas saiu do controle. “Eu tinha acabado de preparar o café quando ouvi estalos. Olhei na janela e vi fumaça. Corri e acordei minha filha de 10 anos e meu marido, que trabalha a noite e tinha acabado de se deitar”, contou a auxiliar administrativa, Luciene Moraes, de 40 anos.

O Corpo de Bombeiros foi acionada, mas enquanto aguardavam e para impedir que as chamas atingissem a casa de Luciene, vizinhos se mobilizaram e tentaram controlar a chamas com o uso de mangueiras. “Meu marido tirou o carro rapidamente da garagem. Deu muito medo de que o fogo atingisse meu telhado. Foi terrível”, disse a auxiliar administrativo.

O combate ao incêndio pelos Bombeiros durou cerca de 40 minutos. Além da sucata, eletrodomésticos e pneus também foram perdidos no incêndio. Segundo moradores, o idoso não queria sair do local e foi retirado a força pelos vizinhos. “Ele mora nas imediações do Campinas Shopping e tem esses terrenos aqui há 41 anos. Tudo o que ele vê na rua, traz para este local. Ele diz que é para vender, mas se alguém quer comprar, ele fica bravo e diz que não vende”, disse Luciene que mora na casa há 17 anos. “A gente quer localizar algum familiar dele, para que tome providências. Ele é muito idoso e não pode cuidar disso sozinho. Neste local tem tudo quanto é tipo de bicho, pois até escorpiões entram na minha casa”, acrescentou a auxiliar administrativo.

O idoso não quis falar com a reportagem. Após o controle do fogo, o idoso voltou ao terreno e recolou os objetos retirados, mesmo queimados, para dentro do terreno, segundo vizinhos.

Escrito por:

Adagoberto F. Baptista