Publicado 06 de Fevereiro de 2020 - 19h05

A Record, em um institucional dos mais caprichados, apresentou as principais novidades da sua programação para este ano.

A partir do domingo (8 de março), com Hoje em Dia e Sabrina Sato, até os programas de temporada e realities, como Troca de Esposas – em exibição, Top Chef, Power Couple, Dancing Brasil, Canta Comigo, Canta Comigo Teen, A Ilha e A Fazenda, percebe-se a intenção de poder alcançar o maior número de pessoas. Assim como os investimentos no jornalismo e também na dramaturgia, com os lançamentos das novelas Gênesis, anunciada como superprodução, e Topíssima 2. Sem dúvida, um conjunto de movimentos capaz de desequilibrar a briga pela vice-liderança, que é um dos objetivos a ser alcançado. Tudo o que se espera de uma verdadeira rede de televisão, menos na insistência em se comportar e sempre seguir o que prega e determina a Igreja Universal. Um fanatismo que não cabe. Apesar de outras tantas e provincianas situações, pelo menos a emissora não finge mais que o Carnaval no Brasil não existe. Desde janeiro, Valéria Valenssa vem percorrendo quadras e ensaios de rua, para a Record-Rio, produzindo material para o O Bom do Samba. Valéria também estará à frente do Minuto do Samba, do Balanço local, fazendo entrevistas.