Publicado 07 de Fevereiro de 2020 - 10h11

Por AFP

Três mineiros morreram, e pelo menos 20 estão desaparecidos, após o desabamento de uma mina do estado Bolívar, na fronteira com o Brasil - de acordo com um boletim militar, ao qual a AFP teve acesso, e com denúncias da oposição.

Um grupo de militares, policiais e bombeiros retirou, ontem, "três corpos sem vida de mineiros ilegais" de uma mina localizada na zona de El Callao, em Bolívar (sur), explicou o informe da Guarda Nacional.

As vítimas não puderam ser resgatadas imediatamente, devido à "complexidade do local", acrescentou o informe.

Cerca de 20 mineiros permanecem soterrados na mina, denunciou à AFP a deputada opositora Olivia Lozano. Segundo ela, o local é usado para extrações ilegais de ouro.

A imprensa local relata que o colapso da mina aconteceu no domingo passado.

"O desabamento aconteceu a 50 metros de profundidade e comprometeu uma galeria de 200 metros de profundidade", informou o portal Crónica.uno.

O governo de Nicolás Maduro ainda não se pronunciou.

str-atm/mbj/yow/tt

Escrito por:

AFP