Publicado 07 de Fevereiro de 2020 - 10h04

Por AFP

Pelo menos 14 civis morreram neste domingo na Síria em bombardeios sírios ou russos no noroeste do país, região sob controle jihadista, informoi a ONG Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

Entre as vítimas estão sete membros de uma mesma família de Sarmin, na província de Idlib, indicou o OSDH.

Os corpos de duas crianças, uma menina de nove anos e um adolescente de 13, foram retirados dos escombros da casa de dois andares diante do olhar de seu pai, Abu Fida, que chorava.

A família fugiu recentemente de Sarmin por causa da violência dos bombardeios, mas voltou brevemente para recuperar os pertences, afirmou Abu Fida, que também perdeu a esposa.

A região de Idlib e territórios adjacentes nas províncias vizinhas de Aleppo, Hama e Latakia estão dominados pelos jihadistas do grupo Hayat Tahrir al Sham, antigo braço sírio da Al Qaeda.

O conflito na Síria, iniciado em março de 2011 pela repressão às manifestações pró-democracia, provocou 380.000 mortes e deixou milhões de deslocados e refugiados.

ohk-lar/tgg/on/eg/af/aa

Escrito por:

AFP