Publicado 07 de Fevereiro de 2020 - 9h56

Por AFP

As análises praticadas a um grupo de repatriados para a França no domingo (2), procedentes de Wuhan, e que apresentavam sintomas do novo coronavírus deram negativo - anunciou o governo francês nesta segunda-feira (3).

"Os exames deram negativo e, portanto, todas estas pessoas puderam ser transferidas" para dois centros do sul francês, onde permanecerão em isolamento durante 14 dias, anunciou o secretário de Estado de Saúde, Adrien Taquet, em entrevista à BFMTV.

No total, 254 pessoas chegaram à França no domingo, depois de serem retirados da cidade chinesa de Wuhan, onde se detectou um novo coronavírus pela primeira vez. Até o momento, 362 pessoas morreram, sendo 361 vítimas na China, e uma, nas Filipinas.

No grupo evacuado ontem, há 64 franceses, e o restante, de cerca de 30 nacionalidades.

Até agora, 124 estrangeiros voltaram para seus países de avião. Os demais iniciaram o período de quarentena, incluindo cerca de 60 "de várias origens: México, Ruanda, Brasil, Geórgia", relatou a ministra francesa da Saúde, Agnès Buzyn.

Entre os passageiros deste voo, o segundo fretado pela França de Wuhan, 36 apresentavam sintomas do novo coronavírus em sua chegada. Destes, 16 partiram imediatamente para seus países, mas "pelo menos 20" cidadãos franceses e não europeus tiveram de permanecer no aeroporto de Istres (sudeste da França), onde aterrissaram, para serem submetidos às análises necessárias.

alu-slb/app/es/tt

Escrito por:

AFP