Publicado 07 de Fevereiro de 2020 - 9h53

Por AFP

Com mais uma excelente atuação do quarterback Patrick Mahomes, o Kansas City Chiefs venceu o San Francisco 49ers por 31-20 no domingo, após uma grande virada no último quarto, e conquistou o Super Bowl LIV.

Mahomes, escolhido o MVP da decisão disputada em Miami, completou 26 de 42 passes para 286 jardas e dois touchdowns. Esta foi a primeira vitória dos Chiefs em um Super Bowl em 50 anos e o primeiro título do técnico Andy Reid.

A partida terminou com mais uma virada incrível do time de Kansas na pós-temporada. No Divisional Round, os Chiefs perdiam por 24-0 para o Houston Texans, mas liderados pelo quarterback de 24 anos venceram por 51-31.

Mahomes se tornou o segundo quarterback mais jovem da história a vencer um Super Bowl.

Na decisão de domingo, Kansas City chegou a abrir 10-3 no segundo quarto, mas a partida foi para o intervalo empatada em 10-10.

Após o show do intervalo, com as cantoras Shakira e Jennifer López, a equipe de San Francisco voltou melhor e abriu 20-10 no terceiro quarto, liderada por seu quarterback Jimmy Garoppolo.

No início do último quarto, Mahomes foi interceptado pela segunda vez na partida, o que poderia ter custado a partida a Kansas City.

Mas o camisa 15 de Kansas mostrou que não pretendia desistir: em uma nova campanha fez sua equipe percorrer 82 jardas em nove jogadas e deu um passe para o touchdown de Travis Kelce, que deixou o placar em 20-17.

Kansas City conseguiu estabelecer uma boa defesa e parou o ataque de San Francisco a cinco minutos do fim da partida.

Na jogada seguinte, Mahomes liderou sua equipe em uma campanha que terminou com um passe para Damien Williams, que, completou o touchdown e deixou Kansas City na frente em 24-20 com 2:44 minutos por jogar.

Depois que os 49ers desperdiçaram outra oportunidade de ataque, os Chiefs anotaram mais um touchdown nos últimos segundos com Willliams, que correu 38 jardas para decretar o placar final de 31-20.

meh/cl/fp

Escrito por:

AFP