Publicado 07 de Fevereiro de 2020 - 9h52

Por AFP

A Organização para a Cooperação Islâmica (OCI) rejeita o plano do presidente americano, Donald Trump, para o conflito israelense-palestino, anunciou o organismo nesta segunda-feira após uma reunião extraordinária na Arábia Saudita.

"Este plano americano-israelense não responde às aspirações mínimas nem aos direitos legítimos do povo palestino", afirmou a OCI, que tem 57 membros, incluindo Arábia Saudita, Irã e Turquia, e que representa mais de 1,5 bilhão de muçulmanos no mundo.

O plano de Trump para o Oriente Médio prepara o caminho para a anexação do Vale do Jordão e das mais de 130 colônias israelenses na Cisjordânia ocupada.

Washington considera que Jerusalém é a capital "indivisível" do Estado hebreu e propõe estabelecer como capital de um possível Estado palestino Abu Dis, um bairro de Jerusalém.

A OCI insistiu no "direito do Estado da Palestina à soberania sobre todas as terras palestinas ocupadas em 1967, incluindo Jerusalém Oriental" e reiterou o "firme compromisso a favor da solução de dois Estados".

A organização também fez um apelo a seus membros para que não cooperem com Washington na aplicação do projeto.

bur/ht/aem/vl/es/zm/fp

Escrito por:

AFP