Publicado 07 de Fevereiro de 2020 - 9h48

Por AFP

Ao menos 20 pessoas morreram em um grande tumulto durante um culto evangélico ao ar livre na cidade de Moshi, na região norte da Tanzânia, anunciaram as autoridades neste domingo.

"Até o momento são 20 mortos, mas o balanço de vítimas fatais pode aumentar porque também há muitos feridos", disse à AFP Kippi Warioba, secretário distrital na cidade de Moshi.

A tragédia aconteceu quando os fiéis acompanhavam um culto do famoso pregador Boniface Mwamposa, líder da igreja Arise and Shine da Tanzânia.

O tumulto começou quando Mwamposa, que se identifica como "Apóstolo", espalhou no chão o que disse que era óleo sagrado. A multidão correu para tocá-lo com a esperança de curar doenças, afirmaram testemunhas.

"O apóstolo Boniface Mwamposa derramou óleo sagrado no chão", disse à AFP uma testemunha, Jennifer Temu.

"De imediato, dezenas de pessoas caíram no chão e foram empurradas e pisoteadas", completou.

str-pjm/pc/fp

Escrito por:

AFP