Publicado 05 de Fevereiro de 2020 - 16h00

Por Estadão Conteúdo

A posição cambial líquida do Banco Central atingiu US$ 329,850 bilhões no encerramento de janeiro, conforme dados divulgados nesta quarta-feira, 5, pela instituição. No fim de dezembro, essa posição estava em US$ 327,801 bilhões.

A posição traduz o que está disponível para que o BC faça frente a alguma necessidade de moeda estrangeira - como fornecer liquidez ao mercado em momentos de crise, por exemplo.

A posição leva em conta as reservas internacionais, o estoque de operações de linha do BC (venda de dólares com compromisso de recompra), a posição da instituição em swap cambial e os Direitos Especiais de Saque (DES) do Brasil no Fundo Monetário Internacional (FMI).

Base monetária

O saldo da base monetária atingiu R$ 317,959 bilhões em janeiro, pelo conceito de fim de período, informou o Banco Central. Em dezembro, a base monetária estava em R$ 316,587 bilhões.

A base monetária é a soma do total de papel moeda emitido com as reservas bancárias registradas pelas instituições financeiras.

Escrito por:

Estadão Conteúdo