Publicado 04 de Fevereiro de 2020 - 19h59

Por Estadão Conteúdo

Relatora do projeto de lei sobre regras para o combate ao avanço do coronavírus no Brasil, a deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania), disse nesta terça-feira, 4, que não irá propor mudanças ao texto apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro.

A ideia, segundo ela, é apresentar um requerimento de urgência para votar ainda hoje o texto no plenário da Câmara dos Deputados. "Nossa intenção é aprovar o texto do Executivo. Estamos discutindo uma emergência sanitária que exige de nós celeridade", afirmou ao Estado a deputada, que preside a Frente Parlamentar Mista da Saúde.

O governo federal enviou nesta terça, 4, ao Congresso Nacional proposta que prevê medidas sanitárias para enfrentar a "emergência de saúde" decorrente da epidemia de coronavírus. O texto prevê regras sobre isolamento e a quarentena. Também permite a realização compulsória de exames em pacientes suspeitos, além de prever a "restrição excepcional e temporária de entrada e saída do País por rodovias, portos ou aeroportos".

Escrito por:

Estadão Conteúdo