Publicado 20 de Janeiro de 2020 - 16h20

Por Adagoberto F. Baptista

Gustavo Magnusson

Da Agência Anhanguera

[email protected]

Em reapresentação na cidade de Campinas após pouco mais de 10 dias de pré-temporada em Bragança Paulista, a Ponte Preta apresentou oficialmente ontem os atacantes Bruno Rodrigues e Mateus Anderson.

"Sou um jogador muito rápido, gosto de um pra um. Este vai ser o meu primeiro Campeonato Paulista, estou muito feliz e espero dar aqui o meu melhor para ajudar a Ponte Preta", explica Bruno Rodrigues.

Eu tive uma experiência muito boa no Athletico-PR por seis anos. Eu só tenho de agradecer a eles. Mas a gente tem que ter ambição, né. Eu, particularmente, tenho muito ambição. Tomei essa decisão (de rescisão contratual com o Athletico) junto com os meus empresário e com todos que estão por dentro. Acho que a foi a decisão certa para o meu futuro. Sou muito grato por tudo o que o Athletico fez por mim. Foi uma experiência muito boa. Tive uma base excelente lá. Estou muito feliz.

"Conheço alguns jogadores do Santo André que já jogaram comigo no Paraná: Vitinho e Ramon. É isso aí.

Nós, jogadores, no começo, é difícil pegar entrosamento, mas já faz duas semanas. Então o ambiente está muito bom. Um já está conhecendo a jogada do outro e como é o modelo de jogo. Isso facilita. Na temporada, temos de focar primeiro no Paulista e, depois, na Copa do Brasil. É ser um passo de cada vez. Depois, na Série B. É focar primeiro no Paulista para fazer um bom campeonato.

"O professor dá liberdade para jogar por dentro e flutuando pelo meio-campo. Eu gosto de jogar mais pela esquerda, é uma facilidade que eu tenho desde a base mas já joguei como nove também. Onde o Gilson Kleina precisar pode ter certeza de que vou estar ali para dar o meu máximo", explicou Bruno Rodrigues.

Se a preferência de Bruno Rodrigues é pelo lado esquerdo do ataque, a predileção de Mateus Anderson é pelo flanco direito do campo, mas o atleta ressalta que também está à disposição para outros setores. "Nos últimos três anos, joguei bastante pelo lado direito, mas não tenho dificuldade para atuar na esquerda. Nos dois lados, tenho facilidade para jogar. Assim... pelos dois ou três anos que venho jogando pela direita, tenho essa preferência. Tenho passe com a perna boa para dentro e essa facilidade de puxar para dentro com a opção de finalização", explica Mateus Anderson.

"Foi uma experiência muito boa em Portugal. Peguei muitas coisas positivas para a minha carreira profissional. Uma das coisas que eu aprendi foi que, na Europa, é um futebol muito rápido, além de questão tática também. Muitas das vezes isso se sobressai no Brasil

Eu sempre almejo aumentar o número de gols. Espero fazer uma bela pré-temporada para chegar no começo do campeonato já ajudando a equipe e fazendo bastante gols. É aumentar este número, pois é importante para o atacante, né. Sou um jogador com a característica de ajudar muito no esquema tático. Graças a Deus, quando saem os gols, fico muito feliz. Dou muita assistências. Podem pegar os meus número. Espero que aqui eu possa aumenta os gols.

"É sempre bom começar bem num campeonato, pois pega confiança e dá um ânimo para a sequência da competição. Espero que possamos fazer grande jogo na quinta-feira para começar bem. Vamos buscar o nosso objetivo degrau a degrau", afirma Mateus Anderson.

"Quando cheguei em Portugal, era final de temporada e eu estava parado. Era como se fosse pré-temporada para mim. Graças a Deus, . Tive um pouco de dificuldade no começo por ser outro estilo de jogo e de trabalho. Felizmente, no decorrer do campeonato, pude fazer o meu melhor no trabalho e nos treinamentos e pude mostrar o meu talento. Tive até interesse de alguns outros clubes lá. Por opção minha, preferi voltar ao Brasil mesmo. Mas foi muito bom. Eu peguei bastante coisas boas para usar agora aqui na Ponte Preta",

Escrito por:

Adagoberto F. Baptista