Publicado 21 de Janeiro de 2020 - 5h30

Foram confirmados os primeiros dois casos de dengue de 2020 no município de Capivari - a 46 km de Campinas. A Secretaria de Saúde de Capivari confirmou ontem duas ocorrências no bairro Santa Rita de Cássia e pediu à população a manter-se em estado de alerta e adotar todos os cuidados para evitar que a doença se multiplique. Campinas não registrou ainda casos de dengue neste ano e totalizou 26.306 confirmações da doença até dezembro do ano passado.

Vale destacar que este não é ainda o número fechado no ano de 2019 porque casos suspeitos de dezembro estão em avaliação no Laboratório Adolfo Lutz, em São Paulo. O combate aos chamados arbovírus causadores de doenças - incluindo o vírus da dengue, zika, febre chikungunya e febre amarela - representa o maior desafios para os municípios em todo o Estado de São paulo neste ano de 2020. O último levantamento divulgado da Secretaria do Estado de Saúde de São Paulo - feito em 11 novembro passado - totalizava a confirmação de 390.654 casos de dengue em todo o Estado, com 256 óbitos. Contabilizava, ainda, 72 casos de zika e 280 de chikungunya, sem óbitos de ambas as doenças.

Ontem, com o objetivo de evitar a proliferação das larvas do mosquito Aedes aegypti, a Secretaria de Saúde de Capivari enviou mensagens e avisos com algumas dicas, incluindo o alerta para eliminar água parada em pneus velhos, piscinas de plástico ou garrafas, latas, evitar o uso de pratos embaixo dos vasos; cobrir as caixas d’água e ralos e não descartar lixo em vias.

(Gilson Rei/ Da Agência Anhanguera)