Publicado 06 de Dezembro de 2019 - 18h37

Por Adagoberto F. Baptista

Um ano após Gilson Kleina desistir de renovar seu contrato e deixar a Ponte Preta ao término da Série B, agora a situação é diferente. O comandante tem vínculo até o fim do Campeonato Paulista e participa diretamente da montagem do elenco para 2020. Ontem, Kleina participou de uma reunião com a diretoria para discutir questões orçamentárias para a chegada de novos reforços. Até o momento, a Ponte Preta oficializou apenas as chegadas do zagueiro Alisson e do volante Bruno Reis, ambos ex-Operário-PR. Os dois atletas foram monitorados de perto pela Ponte e suas chegadas agradam Gilson Kleina.

"O Alisson é um zagueiro para atuar do lado direito, mas também já fez lado esquerdo. Teve bons números dentro do Operário, acostumado com enfrentamentos em linha alta. É um zagueiro que tem uma boa recuperação e um jogo aéreo preciso. Possui todas as condições para se adaptar e fazer um um grande ano de 2020 aqui", avaliou Gilson Kleina. Com 1,86m, Alisson foi o 6º zagueiro com o maior número de duelos aéreos vencidos na Série B, dentre os jogadores que atuaram por mais de 20 partidas na competição.

"O Bruno Reis é um volante que jogou muitos jogos na Série B e se destacou bastante nessa posição a nível de assistência e de passes verticais. Ele tem uma profundidade de jogo muito interessante, faz tanto saída como volante quanto linha de três. Chama a atenção que é um volante que pisa na área, tem arremate e tenho certeza que é questão de tempo para mostrar seu valor", analisou o técnico. Escalado em 33 partidas na Série B, Bruno Reis foi o jogador com o maior índice de interceptações de bola na competição, com aproveitamento de 40%.

A expectativa é que no início da semana que vem a Ponte Preta anuncie oficialmente novos reforços. A lista de possíveis contratações conta com nomes como o do lateral Apodi (CSA), do meia João Paulo (Avaí) e dos atacantes Zé Roberto (São Bento) e Safira (Londrina). Outro jogador que também está na mira da Macaca é o meia-atacante Nádson, que defendeu o Botafogo-SP na última Série B, onde marcou 3 gols em 33 partidas. O contrato do jogador com o Bota encerra no fim deste ano e informações vindas de Ribeirão Preto dão conta de que ele está negociando com a Ponte. (Gustavo Magnusson/Da Agência Anhanguera)

Escrito por:

Adagoberto F. Baptista