Publicado 08 de Dezembro de 2019 - 12h00

Por Carlos Rodrigues


Cedoc/RAC

Depois de uma semana de reuniões, tratativas e definições sobre o planejamento, o Guarani espera anunciar a partir de amanhã as primeiras novidades do elenco que será formado para a temporada 2020. O departamento de futebol trabalha em duas frentes — renovação dos jogadores que interessam e contratações de novas peças —, já possui algumas situações encaminhadas, mas age com cautela para que as negociações possam ser concretizadas.

Os nomes dos reforços são guardados a sete chaves. Apesar de muitas especulações, o sigilo será mantido até a assinatura dos contratos. "Já temos alguns jogadores apalavrados, mas só podemos garantir com contrato assinado. Aí vamos divulgar. Muita coisa é especulada, mas vamos esperar", diz o técnico Thiago Carpini.

Destaques da Série B estão na pauta, mas a concorrência de outros clubes é um obstáculo. Como a situação financeira não é cômoda, estão descartadas loucuras na busca por esses atletas. "Os valores de 2019 para 2020 não mudam. Temos mais ou menos a mesma realidade. Vamos ter mais cuidado e critério nas escolhas. Não pode sair contratando. Precisa ter calma, analisar e ter o máximo de informações. Não vamos entrar em leilão", diz Carpini.

O técnico utiliza experiências anteriores para buscar o máximo de acerto nas decisões. Como auxiliar de Evaristo Piza, participou da montagem dos elencos do XV de Piracicaba e do Botafogo-PB nas últimas duas temporadas e colheu bons frutos. "Temos algumas dificuldades no mercado, limitações, mas é um momento gostoso. Será um time forte e competitivo, como montamos um XV modesto que brigou pelo acesso, depois o Botafogo quando fomos vice-campeões da Copa do Nordeste", relembra. 

Escrito por:

Carlos Rodrigues