Publicado 06 de Dezembro de 2019 - 20h12

Por AFP

O atacante Victor Osimhen fez o gol da vitória do Lille sobre o Brest (12º) e colocou o time na terceira posição na tabela do Campeonato Francês no duelo que abriu a 17ª rodada nesta sexta-feira.

O nigeriano, que vai aos poucos se reencontrando com o gol depois de um mês de novembro de jejum, marcou aos 16 minutos de jogo, e o clube do norte da França manteve o domínio até o fim.

Nos acréscimos (90+3), o meia Jonathan Bamba ainda perdeu um pênalti e a chance de aumentar o placar para 2 a 0.

Os três pontos colocam o Lille na 3ª posição da tabela com 28 unidades, a três do Olympique de Marselha, segundo, mas com uma partida a mais que os jogadores comandados por André Villas-Boas. O Bordeaux cai para 4º lugar mas poderá recuperar seu lugar no pódio se vencer exatamente o Marselha no domingo.

Já o Brest se manteve no meio da tabela com 21 pontos, não muito distante da zona de classificação para a Liga Europa.

Também nesta sexta, o Lyon (5º) não teve piedade em sua visita ao Nîmes (19º) e venceu com um contundente 4 a 0 na 17ª rodada da Ligue 1.

O atacante holandês Memphis Depay marcou duas vezes (aos 16 de pênalti e aos 64) e na segunda etapa Houssem Aouar (71) e Joachim Andersen (79) ampliaram.

O time visitante aproveitou a expulsão logo cedo do meia Theo Valls logo aos 5 minutos, e de Gaëtan Paquiez aos 40.

Com esta vitória o Lyon dá um salto importante na tabela enquanto espera as demais partidas da rodada, e pula para 5º com 25 pontos. Já o Nîmes caiu para último com 12 pontos, a três do 18º lugar que dá direito à repescagem.

O triunfo também dá confiança aos jogadores comandados por Rudi Garcia a poucos dias de enfrentar na terça o Leipzig em uma partida em que precisa vencer para ter chances de avançar às oitavas de final da "Champions".

O PSG vai abrir os jogos de sábado jogando contra o Montpellier fora de casa, mas não poderá contar com o uruguaio Edinson Cavani nem com o italiano Marco Verratti.

--- Jogos da 17ª rodada do Campeonato Francês e classificação:

Escrito por:

AFP