Publicado 06 de Dezembro de 2019 - 9h12

Por AFP

VF Corporation (NYSE: VFC), uma das maiores empresas de vestuário, calçados e acessórios do mundo, publicou hoje a mais recente iteração de seu relatório Made for Change de Sustentabilidade e Responsabilidade, incluindo o anúncio de metas baseadas na ciência (science-based targets, SBTs) líderes do setor e uma visão arrojada de materiais sustentáveis.

O relatório Made for Change da VF detalha as aspirações da empresa em promover melhorias sociais e ambientais em seus negócios, portfólio de marcas, cadeia de suprimentos global e comunidades em todo o mundo. O relatório também destaca as realizações do último ano de referência, que foi 2018.

"Nossa equipe de 50.000 pessoas orientadas para o desempenho compartilha o compromisso de ser mais do que apenas uma empresa de roupas e calçados. Nós nos esforçamos para ser uma empresa liderada por propósitos que aproveita a força de nossos negócios para gerar impactos positivos para as pessoas e o planeta que compartilhamos", disse Steve Rendle, Presidente do Conselho, Presidente e CEO da VF. "Estamos orgulhosos do nosso progresso, mas sabemos que há muito mais que podemos fazer. A nossa estratégia Made for Change descreve nossas prioridades prospectivas e nos fornece um foco renovado para nos esforçarmos cada vez mais, enquanto abordarmos alguns dos problemas mais desafiadores de nossa indústria".

A estratégia Made for Change da VF concentra-se em três áreas:

-- Modelos de negócios circulares: A comercialização de modelos de negócios circulares para reduzir o impacto ambiental da VF enquanto cria novas oportunidades de crescimento;

-- Escala para o bem: Aproveitando a escala e a influência globais da VF para impulsionar a redução de impacto nos negócios e no setor mais amplo; e,

-- Fabricantes de movimento: Permitindo que a VF e suas marcas sirvam de catalisador para impulsionar movimentos de estilos de vida sustentáveis e ativos para a melhoria das pessoas e do nosso planeta.

Destaques do relatório Made for Change

Conforme descrito no relatório, e alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, a VF fez progressos mensuráveis em relação às suas metas. Os destaques incluem:

-- 50% dos centros de distribuição da VF em todo o mundo são instalações com desperdício zero;

-- 16 dos edifícios de propriedade da VF são certificados LEED;

-- O lançamento de uma visão arrojada de materiais sustentáveis, com foco em três conceitos-chave: materiais regenerativos, reciclados, renováveis e de origem responsável; e,

-- A melhoria dos meios de subsistência dos trabalhadores em Bangladesh, Camboja, Índia, República Dominicana, Vietnã, China, Quênia e Lesoto por meio do Programa de Desenvolvimento Comunitário e dos Trabalhadores (Worker and Community Development, WCD) da VF.

Metas da VF baseadas na ciência aprovadas pela iniciativa Metas baseadas na ciência

As novas metas baseadas na ciência (SBTs) da VF estão entre as mais ambiciosas do setor e estão alinhadas com a ideologia de usar sua escala global para o bem. As SBTs são metas de redução de emissões de gases de efeito estufa que estão alinhadas com o cumprimento das metas do Acordo de Paris.

"A VF é a maior empresa do setor de têxteis, vestuário e artigos de luxo a estabelecer uma meta de 1,5 grau para suas emissões de escopo 1 e 2 e uma meta bem abaixo de 2 graus para suas emissões de escopo 3 relacionadas a produtos", declarou Ben Peel, consultor, Carbon Trust.

Escrito por:

AFP