Publicado 05 de Dezembro de 2019 - 20h42

Por AFP

O Arsenal (10º) do técnico sueco Freddie Ljungberg voltou a decepcionar e perdeu nesta quinta-feira por 2 a 1 no Emirates Stadium para o Brighton (13º) pela 15ª rodada da Premier League.

Com dois meses sem conhecer uma vitória na Premier League, o time londrino sofre cada vez mais com os maus resultados e agora tem 10 pontos de distância em relação à zona da Champions. Nada parece ir bem para o Arsenal.

Além da derrota desta quinta para o modesto time que luta pela permanência, o que mais preocupa é o pobre nível do futebol apresentado pelos "Gunners". O reforço moral e de resultados que uma mudança de treinador costuma trazer, com a demissão de Unai Emery e a chegada de Ljungberg, não foi visto dessa vez.

No primeiro tempo os "Gunners" foram inferiores em todas os aspectos do jogo (chutes, posse de bola, passes certos, domínio territorial) e foi assim que sofreram o primeiro gol por meio do zagueiro Adam Webster (37).

A entrada do atacante marfinense Nicolas Pépé no início da segunda etapa no lugar do jovem Joe Willock deixou o setor ofensivo do Arsenal mais dinâmico. E o empate veio em uma cabeçada do francês Alexandre Lacazette (50).

Mas outro jogador francês, Neal Maupay, aproveitou a desordem tática do time londrino para fazer 2 a 1 superando de cabeça o brasileiro David Luiz (80)

Na outra partida disputada nesta quinta-feira, o Newcastle (11º) venceu o Sheffield United (9º) por 2 a 0 fora de casa.

--- Jogos da 15ª rodada do Campeonato Inglês e classificação:

- Terça-feira:

Crystal Palace - AFC Bournemouth 1 - 0

Burnley - Manchester City 1 - 4

Escrito por:

AFP