Publicado 01 de Outubro de 2019 - 14h11

Por Daniel de Camargo

AGÊNCIA ANHANGUERA

FOTO: GOVERNO DO ESTADO DE SP

Santa Bárbara DOeste e Valinhos receberão investimentos do governo do Estado de São Paulo para ações em benefício às pessoas com 60 anos ou mais. A verba será destinada a construção de um conjunto habitacional e dois Centros Dia do Idoso. Os recursos são provenientes do Programa Vida Longa lançado pelo governador João Doria (PSDB), ontem, data em que é celebrado o Dia Internacional do Idoso.

A iniciativa prevê a construção de empreendimentos especialmente projetados para atender às necessidades habitacionais de idosos que vivem sozinhos, em situação de vulnerabilidade social. Nessa primeira etapa, serão viabilizadas 152 unidades habitacionais em seis municípios, cujos convênios serão celebrados ainda em 2019, no valor de R$ 18,7 milhões. Os conjuntos habitacionais serão construídos nos municípios de Barretos (28 casas), Bauru (22 casas), Bragança Paulista (28 casas), Santa Bárbara d’Oeste (28 casas), São José do Rio Pardo (26 casas) e São Roque (20 casas).

Os imóveis do programa são projetados segundo parâmetros de acessibilidade do Desenho Universal, que estabelecem um conceito arquitetônico adaptável para permitir facilidade no uso da moradia por qualquer indivíduo com dificuldade de locomoção, temporária ou permanente.

Com até 28 unidades, os conjuntos habitacionais terão imóveis de 28 m² de área privativa cada, distribuídos em cozinha, sala de estar e dormitório conjugados, banheiro e área de serviço. Constam no projeto itens de segurança e acessibilidade, como barras de apoio, pias e louças sanitárias em altura adequada, portas e corredores mais largos, interruptores em quantidade e altura ideais, alarmes de emergência sonoros e luminosos, piso antiderrapante, entre outros. Recursos de acessibilidade também serão instalados nas áreas comuns para facilitar a locomoção e dar segurança e conforto ao idoso.

Também foram anunciados 45 novos Centros de Convivência do Idoso e Centros Dia do Idoso e a implantação do Serviço de Busca Ativa em Domicílio, a fim de prevenir a fragilização de vínculos, o isolamento social e as situações de violência das pessoas acima de 60 anos, especialmente as mulheres. Ao todo, serão investidos R$ 13,5 milhões. Além do conjunto habitacional, Santa Bárbara dOeste ganhará um novo Centro Dia do Idoso orçado em R$ 500 mil. Valinhos também será contemplada com um CDI de mesmo valor. Os equipamentos devem ser entregues até o final de 2021 e destinam-se ao acolhimento para idosos dependentes. A prioridade do atendimento é para aqueles cujas famílias não têm condições de dar atenção e cuidado durante o dia, pois precisam trabalhar e estudar. O local oferece alimentação, atividades de lazer, cultura, banheiros adaptados, área de descanso, sala de convivência com TV e enfermaria.

Para completar o conjunto de ações, foram entregues o Selo Amigo do Idoso para os 25 municípios que se destacaram em ações voltadas ao bem-estar das pessoas com mais de 60 anos. Na Região Metropolitana de Campinas (RMC), Artur Nogueira recebeu o selo inicial e Campinas o intermediário. Pedreira foi duplamente condecorada recebendo o intermediário e o pleno.

Escrito por:

Daniel de Camargo