Publicado 01 de Outubro de 2019 - 14h02

Por Adagoberto F. Baptista

Alenita Ramirez

[email protected]

Foto: Divulgação

Um casal foi salvo por dois policiais militares rodoviários durante um assalto seguido de retenção de vítimas, na manhã desta terça-feira (1º), na Rodovia Anhanguera, em Sumaré. As vítimas estavam em um caminhão carregado de tubos de PVC e eram levados pelos criminosos, quando em determinado momento da viagem o trânsito ficou lento por conta de um acidente de trânsito, que já era atendido pela Polícia Rodoviária. O casal aproveitou a distração dos bandidos, desceu do caminhão e correu em direção dos policiais, pedindo socorro. Surpreendidos, os criminosos também desceram e correram. Um deles foi preso em flagrante.

O caso inusitado aconteceu no km 108,5 no sentido Capital. As vítimas foram rendidas por volta das 7h30 na Estrada Municipal Mineko Ito, próximo ao Condomínio Real Parque, no distrito de Nova Veneza. O motorista trocava o tacógrafo do caminhão, quando foi rendido pelos criminosos. Um deles estava armado. A vítima tinha acabado de pegar uma carga de tubos de PVC, avaliada em R$ 21 mil.

O casal foi obrigado a entrar no caminhão junto com os dois bandidos e seguir para a região do Matão. O motorista acessou a marginal da Rodovia Anhanguera e seguiu no sentido Capital.

Na região do bairro Nova Terra, uma viatura da Polícia Militar Rodoviária atendia uma ocorrência de trânsito, quando os policiais, uma soldado e um cabo, avistaram um movimento estranho na direção do caminhão. “O trânsito estava lento no trecho e então o motorista parou e desceu com a mulher. Foi tão rápido que os bandidos não perceberam. O casal correu em direção dos policiais e pediu socorro. O policial, a princípio não entendeu o que acontecia, mas logo viu que era um roubo e correu atrás dos dois homens que desceram depois. Um deles foi alcançado”, contou o tenente Jaelson Ferreira Nobre.

O criminoso foi apresentado no 4º Distrito Policial (DP), de Sumaré, e preso em flagrante por roubo.

Escrito por:

Adagoberto F. Baptista