Publicado 02 de Outubro de 2019 - 22h30

Por AFP

Uma ex-policial do estado americano do Texas (sul) foi condenada a 10 anos de prisão por matar a tiros em 2018 seu vizinho negro por achar que ele estava invadindo seu apartamento.

Amber Guyger, de 31 anos, que estava retornando ainda fardada do trabalho no momento do crime, foi punida por matar Botham Jean, de 26, que trabalhava para uma empresa de contabilidade.

O crime ocorreu quando a então policial se confundiu e acessou andar errado do prédio onde ambos moravam. Ela foi até o apartamento de Jean achando que era o dela e viu a porta aberta, com o vizinho no interior. Ao acreditar que havia um invasor em seu imóvel, ela disparou contra o jovem. A ex-agente de segurança morava no andar inferior ao da vítima.

O incidente e suas consequências provocaram manifestações e pedidos de justiça num país onde policiais brancos que atiram em pessoas de cor são frequentemente inocentados.

O advogado de Guyger disse ao tribunal que sua cliente havia cometido um "erro trágico", mas que ela não era "má".

"Peço desculpas a Deus e me odeio todos os dias" pelo que aconteceu, declarou a ex-policial.

cyj/caw/bgs/dg/lca

Escrito por:

AFP