Publicado 02 de Outubro de 2019 - 20h15

Por AFP

Liverpool e Barcelona venceram Salzburg (4-3) e Inter de Milão (2-1) em partidas acirradas em que os dois gigantes, candidatos ao título, mostraram altos e baixos, nesta quarta-feira pela segunda rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

No grupo E, O time inglês, atual campeão da Europa se mostrou ofensivo durante os primeiros 35 minutos do jogo, nos quais os gols foram marcados pelo senegalês Sadio Mané (9), o escocês Andrew Robertson (25) e o egípcio Mohamed Salah (36).

Os austríacos diminuíram antes do intervalo com o sul-coreano Hwang Hee-chan (39) e os Reds desapareceram no início do segundo tempo. Os austríacos aproveitaram para empatar por meio do japonês Takumi Minamino (55) e do jovem norueguês Erling Haland (60).

Mas Salah apareceu e desempatou para os atuais campeões (69).

Na Bélgica, também pelo grupo E, Genk e Napoli ficaram no 0 a 0 na Luminus Arena.

O time italiano criou as melhores chances da partida, especialmente em chutes do polonês Arkadiusz Milik e do espanhol José Callejón no primeiro tempo, mas não foi capaz de balançar as redes diante da modesta equipe belga.

Com estes resultados os italianos, que estrearam na competição com uma vitória imponente sobre o Liverpool (2 a 0) lideram a chave com 4 pontos, contra 3 dos ingleses e austríacos e apenas 1 ponto dos belgas.

Pelo grupo F, em Barcelona, o Barça venceu a Inter de Milão por 2 a 1 de virada em casa, com dois gols do uruguaio Luis Suárez.

O argentino Lautaro Martínez abriu o placar com um chute cruzado (3), mas Suárez conseguiu o empate com um belo voleio (58) e desempatou no fim após ótima jogada de Lionel Messi (84).

Mais cedo o Borussia Dortmund derrotou por 2 a 0 fora de casa o Slavia Praga.

Dois contra-ataques rápidos concluídos com categoria por Achraf Hakimi (aos 35 minutos do 1º tempo e aos 44 do 2º deram o triunfo ao Borussia na capital tcheca.

Esta foi a primeira vitória do time alemão nesta Champions, um resultado que o coloca na liderança do Grupo F com 4 pontos, mesmo número do Barça, mas com saldo superior.

Escrito por:

AFP