Publicado 02 de Outubro de 2019 - 8h30

Por AFP

O diplomata americano Zalmay Khalilzad e o cofundador dos talibãs Abdul Ghani Baradar, principais nomes das negociações sobre o Afeganistão que Donald Trump encerrou em setembro, estarão no Paquistão nesta quarta-feira, informaram diversas fontes.

Khalilzad "está em Islamabad esta semana para participar em consultas com seus colegas paquistaneses após os debates" entre Estados Unidos e Paquistão na Assembleia Geral da ONU na semana passada em Nova York, afirmou à AFP um porta-voz da embaixada americana no Paquistão.

O porta-voz talibã Zabihullah Mujahid tuitou que o mulá Baradar "chegará ao Paquistão em 2 de outubro" para uma "visita formal" e para "conversações com os dirigentes sobre diversas questões importantes".

Não foi informado se Khalilzad e Baradar têm uma reunião programada ou se pretendem retomar as conversações bilaterais entre Estados Unidos e os talibãs, que foram interrompidas no dia 7 de setembro, após um ano de negociações.

O presidente americano justificou sua decisão de encerrar as conversações pela morte de um soldado dos Estados Unidos em um atentado executado pelos insurgentes em Cabul.

jaf-sjd-st-jf/ahe/lch/mab/pc/fp

Escrito por:

AFP