Publicado 01 de Outubro de 2019 - 22h15

Por AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, qualificou nesta terça-feira de "golpe de Estado" o processo de impeachment promovido pelos democratas no Congresso por seus supostos esforços junto ao governo da Ucrânia para denegrir o pré-candidato às eleições de 2020 Joe Biden.

"A medida em que aprendo mais e mais a cada dia, chego à conclusão de que não se trata de um julgamento político, mas de um GOLPE", escreveu Trump no Twitter.

Segundo o presidente, este "golpe" pretende "tirar o povo do poder, seu voto, suas liberdades, sua Segunda Emenda, religião, Exército, muro na fronteira e seus direitos outorgados por Deus como cidadãos dos Estados Unidos".

Os comentários do presidente ocorrem após o secretário de Estado, Mike Pompeo, pressionar para evitar a convocação de cinco diplomatas para testemunhar em uma comissão parlamentar encarregada de analisar o impeachment.

Os congressistas democratas investigam se Trump pressionou o presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenski, para obter informações envolvendo o filho de Biden, o principal pré-candidato do partido às eleições de 2020.

iba/leo/lr

Escrito por:

AFP