Publicado 01 de Outubro de 2019 - 15h45

Por AFP

O Nice rescindiu o contrato de Lamine Diaby Fadiga, atacante de 18 anos que admitiu ter roubado o relógio do dinamarquês Kasper Dolberg no vestiário da equipe, anunciou nesta terça-feira o clube francês.

A rescisão do contrato tem "efeito imediato", continuou o Nice, afirmando que a decisão foi tomada sem levar em consideração as partes "esportivas e financeiras".

Lamine Diaby Fadiga admitiu na semana passada ter roubado um relógio pertencente ao companheiro Dolberg e com valor estimado em 70.000 euros, ocorrido em 16 de setembro no vestiário da equipe principal do Nice.

O jovem atacante pediu desculpas pelo ocorrido ao clube, a Dolberg, ao capitão brasileiro Dante e ao técnico Patrick Vieira.

Jogador das seleções de base da França, Fadiga não deve ficar sem clube por muito tempo. Segundo várias fontes, estaria próximo a assinar com o Paris FC, atual lanterninha da 2ª divisão francesa.

jgi/eba/am

Escrito por:

AFP