Publicado 30 de Setembro de 2019 - 5h30

O Instituto Padre Haroldo (IPH) vai realizar, entre terça-feira, 2, e quarta, 4, a 3 Mostra Lúdica Multissensorial – Sensações. Com horário das 8h30 às 21h, o evento receberá o público para visitas monitoradas. O conceito da mostra é fazer o visitante caminhar por um ambiente onde poderá experimentar, espaços, cores, texturas, sombra, luz e aromas, além de poder apreciar a mostra histórica fotográfica. 

Patrocinada pela Unimed Campinas, apoio cultural da MetalAr e da Bispharma, com realização do Ministério da Cultura, a mostra é gratuita e aberta ao público de todas as idades.

Com uma proposta já conhecida pelo público, a intenção a cada ano é despertar cada vez mais nos visitantes as possibilidades de percepção da arte por meio da exploração dos sentidos. “O desejo da mostra é revelar ao público o mundo sensível que nos circunda: das cores que já não vemos, os cheiros que já não sentimos, os microtons que se perderam ao longo de nossa vida adulta.  A Mostra é dividida nas quatro estações: primavera, verão, outono, inverno e retornando novamente para a primavera como em um ciclo constante de renovações”, explica o arte-educador André Mustafá, um dos responsáveis pelo conceito e produção da exposição.

“Nós ficamos muito felizes porque o IPH, com apoio dos patrocinadores que aportam recursos do I.R. por meio da Lei Rouanet, tem podido realizar eventos artísticos e culturais,  abertos ao público interno e externo, crianças e adultos, que já fazem parte do calendário cultural da cidade", afirmou Lúcia Sdoia, diretora de Desenvolvimento Institucional da entidade.

Fundado em 1978, o Instituto Padre Haroldo está em atividade há 40 anos e presta atendimento a populações diversas, oferecendo, em seus 15 serviços distintos, atividades de prevenção e educação, cuidados e recuperação em álcool e outras drogas, acolhimento institucional e residencial e diversas ações que privilegiam a inclusão no mundo do trabalho. Já beneficiou, desde a sua fundação, cerca de 90 mil pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social. Atualmente, o IPH beneficia, mensalmente, mais de 1.500 pessoas, entre bebês, crianças, adolescentes, jovens, adultos, gestantes e famílias, nas unidades localizadas nas regiões Sul, Norte e Leste de Campinas. (Da Agência Anhanguera)