Publicado 29 de Setembro de 2019 - 5h30

Cerca de 100 pessoas marcaram presença na manhã de ontem na Marcha pela Paz e Diálogos Culturais pelas ruas do Centro de Campinas, promovidas pelo Conselho Municipal da Cultura de Paz (Compaz) de Campinas. A ação também contou com a Caminhada Pela Prevenção do Suicídio, feita por um grupo de voluntários que criou o projeto Saúde, Música e Alegria. As iniciativas contaram com o apoio da Coordenadoria da Juventude da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Os participantes saíram da Estação Cultura, em direção a Rua 13 de Maio, com balões amarelos e faixas com frases positivas, abordando os pedestres que passavam pelas ruas. A ação terminou no Largo do Rosário onde houve apresentações culturais e distribuição de material informativo e de mensagens de prevenção ao suicídio. A atividade fechou a programação referente ao Setembro Amarelo, campanha brasileira de prevenção ao suicídio que ocorreu ao longo deste mês. Já a da marcha encerrou a Semana pela Paz, cujo objetivo foi dar ênfase na temática Campinas Pela Paz, levando para a população a lembrança e compreensão de que há a necessidade urgente de se implantar e vivenciar a cada momento uma "Cultura de Paz", ou seja, incentivo ao modo de ser e de conviver de maneira pacífica. A Semana pela Paz foi realizada pelo Compaz, que é vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos. "No dia 21 de setembro foi comemorado o Dia Internacional da Paz e marcamos para esta semana, de 20 a 28, diversas atividades para promover uma cultura de paz em todas as áreas da vida do cidadão" , disse Geziel Antonio dos Santos, primeiro secretário executivo do Compaz. (Da Agência Anhanguera)