Publicado 29 de Setembro de 2019 - 15h59

Por France Press

Uma derrota do Saint-Étienne deixaria seu técnico, Ghislain Printant, em situação extremamente delicada

AFP

Uma derrota do Saint-Étienne deixaria seu técnico, Ghislain Printant, em situação extremamente delicada

O tradicional Saint-Etienne (19º) ganhou fôlego ao vencer o Nimes (15º) fora de casa neste domingo por 1 a 0, apesar de seguir na zona de rebaixamento no término da 8ª rodada do campeonato francês.

Uma derrota deixaria o técnico Ghislain Printant em situação extremamente delicada, mas Mathieu Debuchy, cabeceou para o fundo das redes após um escanteio (68) e garantiu ao menos uma semana de sobrevida ao treinador depois desta segunda vitória na Ligue 1.

Debuchy correu para abraçar Printant como forma de apoio e um recado à diretoria que trabalha há semanas em busca de um substituto.

Mas os 'Verts' devem muito os valiosos três pontos obtidos neste domingo às defesas do goleiro Jessy Moulin.

Mais cedo, o Strasbourg (13º), outra equipe que não começou bem a temporada, deixou a zona de rebaixamento ao vencer o Montpellier (10º) em casa por 1 a 0 com um gol de cabeça de Ludovic Ajorque no primeiro tempo.

- PSG na liderança -

No sábado o Paris Saint-Germain venceu o Bordeaux graças a um gol de seu astro brasileiro Neymar, em partida da 8ª rodada da Ligue 1.

O jogo foi decidido no segundo tempo (70) quando Neymar, dentro da área, mandou para o gol vazio após receber a assistência de Kylian Mbappé, que voltou à equipe titular depois de um mês lesionado.

O PSG segue liderando com 18 pontos, dois a mais que o Nantes, que também jogou no sábado vencendo fora de casa por 1 a 0 o Lyon que segue sem engatar, a quatro dias de viajar para enfrentar o Leipzig pela Liga dos Campeões.

O único gol da partida foi marcado por Samuel Moutoussamy (59).

O Lyon acumulou seu sétimo jogo consecutivo sem vitória entre todas as competições, o sexto na Ligue 1, e fica empacado na décima-primeira posição à espera do fim da oitava rodada do Campeonato Francês.

Escrito por:

France Press