Publicado 30 de Setembro de 2019 - 17h31

Por AFP

Seguem nesta segunda-feira (30) as buscas no oceano Atlântico por dez marinheiros que estão desaparecidos desde que o navio em que estavam, com bandeira de Luxemburgo, naufragou no sábado, por conta de um furacão de categoria 4.

O rebocador "Bourbon Rhod", que transportava 14 tripulantes, a maioria ucranianos, começou a afundar quando estava a 2.200 milhas náuticas (2.222 km) de Martinica, 111 quilômetros a sudeste do olho do furacão Lorenzo, informou a empresa proprietária da embarcação que presta serviços para indústria petroleira.

Após a emissão de um aviso de emergência, uma embarcação com bandeira das Ilhas Marshall e uma fragata de vigilância da Marinha de Martinica foram em resgate dos náufragos.

No domingo, o governo de Luxemburgo indicou que havia comunicado o acidente aos cinco países de onde são oriundos os 14 marinheiros: Ucrânia, Rússia, Croácia, Filipinas e África do Sul.

Até o momento, apenas três membros da tripulação, cujas nacionalidades não foram divulgadas, foram encontrados com vida a bordo de um bote salva-vidas. No domingo, as equipes de resgate resgataram um corpo.

Ao todo, cinco navios comerciais estão envolvidos nas buscas.

caz-fam-jmi-dg-mad/ib/jvb/eg/lca/mvv

BOURBON

Escrito por:

AFP