Publicado 29 de Setembro de 2019 - 23h15

Por AFP

A China dominou o pódio nos 20 quilômetros da marcha feminina do Mundial de Atletismo de Doha. Liu Hong, a atual campeã olímpica, foi a vencedora da prova, disputada neste domingo de novo com altas temperaturas e uma elevada umidade.

Liu Hong terminou com um tempo de 1h32:53, á frente de suas compatriotas Qieyang Shenjie (1h33:10), prata, e Yang Liujing (1h33:17), bronze.

A China arrasou na marcha atlética feminina de Doha-2019, já que no sábado havia conseguido um ouro e uma prata na prova de 50 quilômetros, na qual Liang Rui saiu vencedora.

O gigante asiático venceu a batalha nos 20 quilómetros contra a América Latina, a única região que fez frente, mas que teve que se conformar com o quarto lugar da brasileira Erica De Sena (1h33:36), enquanto que a colombiana Lorena Arenas, campeã pan-americana em agosto em Lima, tentou resistir ao ritmo das chinesas, mas acabou em quinto lugar (1h34:16).

No quilômetro 9 começou a ficar claro qual seria o pelotão que lideraria até o fim, depois de uma primeira parte em que as competidoras permaneceram agrupadas.

Se formou um primeiro grupo da cabeça de nove competidoras, com as quatro participantes chinesas e três latino-americanas, Erica De Sena, Lorena Arenas além da jovem promessa equatoriana Glenda Morejón.

Erica atacou depois e com as chinesas impôs um ritmo que Morejón não conseguiu acompanhar, ficando para trás.

Tudo foi decidido na parte final, em que o trio chinês acelerou, a brasileira se distanciou das líderes e Liu Hong fez valer sua experiência e escapou diretamente para o título.

Este é o terceiro título mundial de Liu Hong, que já havia vencido em Daegu-2011 e Pequim-2015. A isso se soma o ouro olímpico que conseguiu há três anos no Rio de Janeiro.

dr/sgf/aam

Escrito por:

AFP