Publicado 10 de Setembro de 2019 - 8h59

Por AFP

No mês dedicado à Segurança Cibernética na Europa, a Reply preparou a segunda edição do Reply Cyber Security Challenge, uma competição em equipes aberta para estudantes e profissionais. O desafio online acontecerá na sexta-feira, dia 11 de Outubro de 2019, e durará 24 horas. As inscrições começam no dia 10 de Setembro.

Após o grande sucesso da primeira edição, que envolveu mais de 6.200 pessoas de 61 países em todo o mundo, o Desafio de 2019 terá 5 desafiadores problemas em cada uma das 5 categorias propostas: Programação, Web, Diversos, Criptografia e Binário.

A equipe que, ao resolver o enigma "modo Capture Flag", alcançar a maior pontuação, vence o desafio.

Projetado pela equipe Keen Minds e pelos especialistas em Segurança Cibernética da Reply, o Cyber Security Challenge é mais uma das inicitaivas da Reply para promover a cultura da programação, focando sempre também nas novas gerações.

Para mais informações sobre o evento, visite challenges.reply.com.

ReplyA Reply [MTA, STAR: REY] é especialista na criação e implementação de soluções baseadas nos novos canais de comunicação e mídia digital. Com uma rede de empresas altamente especializadas, a Reply define e desenvolve modelos de negócio que englobam novos paradigmas, como big data, cloud computing, digital media e internet of things. A Reply oferece consultoria, integração de sistemas e serviços digitais para empresas de telecomunicação e mídia; indústria e serviços; bancos e seguros e setores públicos.www.reply.com/br

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20190910005589/pt/

Contato

Contatos Reply Fabio Zappelli

[email protected]

Tel. +39 011 7711594

Irene Caia

[email protected]

Tel. +39 02 535761

© 2019 Business Wire, Inc.

Aviso:

Este documento não é de autoria da AFP e a AFP não pode se responsabilizar por seu conteúdo.

Para esclarecer qualquer dúvida sobre o conteúdo, por favor, contate as pessoas/empresas indicadas neste comunicado de imprensa.

Escrito por:

AFP