Publicado 17 de Maio de 2019 - 16h47

Por Adagoberto F. Baptista

Foto: Cedoc

Henrique Hein

Da Agência Anhanguera

[email protected]

Campinas sediará, pela segunda vez consecutiva, o evento mais importante de sustentabilidade do País: o 2º Fórum Brasil de Gestão Ambiental (FGBA). Trata-se de um evento aglutinador, que acontece nos dias 26, 27 e 28 de junho, no Expo Dom Pedro, e que reunirá os principais gestores ambientais do Brasil com o objetivo de discutir e traças metas para o futuro do meio ambiente. Ao todo, a confraternização contará com mais de 70 expositores para um público de quase 15 mil pessoas – entre eles, mais de 100 prefeitos, 400 secretários municipais de Meio Ambiente e autoridades renomadas do setor.

No dia do evento, os participantes abordaram os desafios políticos, técnicos e financeiros que podem ser implantados nos municípios para melhorar a qualidade vida dos brasileiros, em áreas estratégicas como: abastecimento de água, conexão com a natureza, bem-estar e a melhoria da saúde física e mental das pessoas, a restauração ambiental e revitalização dos espaços urbanos e o enfrentamento às mudanças climáticas.

De acordo com o presidente da Associação Nacional dos Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma) e secretário municipal do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Campinas, Rogério Menezes, o FGBA é um importante espaço de articulação para que as pessoas que trabalham com gestão ambiental no Brasil. “A ideia deste encontro nasceu em 2015, quando a gente começo a perceber que existiam dezenas de entidades fazendo boas gestões ambientais e produzindo vários trabalhos interessantes. Mas, que em paralelo a isso, não existia nenhum espaço coletivo de dialogo para debater todas essas iniciativas”, disse.

O FGBA

As soluções inteligentes serão expostas por meio de inúmeras palestras, seminários, workshops, rodadas de negócios e exposições tecnológicas. A área de exposição do fórum contará com um stand aberto ao público que mostrará as ações de conservação da biodiversidade realizada pelos municípios para o fortalecimento do meio ambiente.

Na primeira edição do evento, realizada em 2017, cerca de 8,5 mil visitantes de todos os Estados brasileiros, além de outros dez países, marcaram presença. Na ocasião, as mais de 60 empresas expositoras declararam negócios da ordem dos R$ 3 milhões. Em todo o Brasil, existem iniciativas do poder público, setor privado e sociedade que incentivam os municípios a conservar a biodiversidade por meio da criação e gestão de unidades de conservação municipais.

As inscrições para o 2º Fórum Brasil de Gestão Ambiental são gratuitas e podem ser feitas pelo site: www.fbga.com.br. Interessados em entrar para a Central do Expositor devem ligar para o telefone (19) 4101-7373. O evento tem organização do Grupo RAC e da Stem Cell Participações.

Box // Poiato recicla Ltda

Além de representantes do poder público e da sociedade, o FBGA também contará com a presença de empresas que realizaram trabalhos inovadores na área de meio ambiente. Umas organizações que estará presente no evento, por exemplo, é a Poiato Recicla Ltda, que desde 2010, faz uma trabalho exemplar de coleta e descontaminação de cigarros jogados nas ruas e bueiros de quase 30 cidades brasileiras.

Em 2014, a Poiato Recicla teve seu trabalho publicado no livro “Ações Municipais para Proteção das Águas no Estado de São Paulo” produzido pela Secretaria de Meio Ambiente de São Paulo (SMA) para destacar 32 ações municipais bem-sucedidas em prol dos recursos hídricos.

Ao todo, a empresa já recolheu mais de 44 milhões de bitucas de cigarros descartadas pela população de forma indevida. Em março de 2016 a organização conseguiu inaugurar na cidade de Votorantim (SP) a Primeira Usina de Reciclagem de resíduos de cigarro do Brasil, utilizando tecnologia 100% nacional desenvolvida pela Universidade de Brasília.

Escrito por:

Adagoberto F. Baptista