Publicado 13 de Maio de 2019 - 10h40

Por AFP

A atriz americana Doris Day, que encarnou a namoradinha da América em comédias românticas nos anos 1960, morreu nesta segunda-feira aos 97 anos, informou sua fundação em um comunicado enviado à mídia americana.A Doris Day Animal Foundation afirmou que Doris, que estava com pneumonia, faleceu em sua residência na Califórnia, cercada por amigos e parentes. Durante grande parte de sua carreira, Day reinou como a principal atriz nas bilheterias de Hollywood, era adorada pelo público que pagava para vê-la em musicais, comédias, filmes de suspense e faroestes. A estrela loura, cuja carreira abrangeu quase 40 filmes de 1948 a 1968, destacou-se em um gênero de filme em particular, o "bedroom farce", uma comédia romântica leve, mas com toques maliciosos, bem representada por "Confidências à Meia-Noite", que ela estrelou em 1959 ao lado de outro grande nome do gênero, Rock Hudson, com quem viria protagonizar outros filmes nos mesmos moldes.A renomada especialista em cinema Molly Haskel já a chamou de "a mais subestimada e desvalorizada atriz de Hollywood". Os críticos, no entanto, eram menos fascinados pela atriz. Ela recebeu apenas uma indicação ao Oscar, justamente por "Confidências à Meia-Noite". Day casou-se quatro vezes, mais recentemente com o restaurateur Barry Comden, de 1976 a 1981.Ela teve seu único filho com o agente e produtor Marty Melcher, o produtor musical Terry Melcher, que morreu depois de uma longa doença, em 2004.ur-ft/sst/cn

Escrito por:

AFP