Publicado 27 de Março de 2019 - 17h40

Por AFP

O meio-campo francês Adrien Rabiot, afastado do elenco devido a uma suspensão cautelar, se reuniu nesta quarta-feira como estava previsto com a diretoria do Paris Saint-Germain para uma entrevista prévia a uma decisão cujo conteúdo é desconhecido. A lei francesa exige um prazo de entre dois dias úteis e um mês para notificar uma sanção.Rabiot foi punido por ter ido a uma boate na noite da humilhante eliminação do PSG nas oitavas de final da Champions League pelo Manchester United no dia 6 de março, e também por ter dado uma "curtida" em um vídeo nas redes sociais do ex-jogador Patrice Evra, que celebrava a classificação do clube inglês, segundo o jornal L'Équipe.No aspecto esportivo, o divórcio começou em dezembro, quando o jogador foi afastado da equipe, após o fracasso das negociações sobre a prorrogação de seu contrato, que termina em junho.Desde então, Adrien Rabiot desapareceu das escalações e corre o risco de ser demitido, o que significaria sua saída imediata do PSG a três meses do final de seu contrato.Outro desfecho seria mais favorável, em caso de advertência ou processo disciplinar, o que lhe permitiria terminar a temporada com o grupo. As multas e outras sanções financeiras são proibidas por lei.bur-pgr/psr/aam

Escrito por:

AFP