Publicado 21 de Fevereiro de 2019 - 17h19

Por Paulo César Dutra Santana

Paulo Santana

Da Agência Anhanguera

[email protected]

Depois de uma semana cheia de trabalho, o técnico Jorginho encerra hoje a preparação da Ponte Preta para o decisivo duelo com o Ituano, domingo, às 17h, no Estádio Moisés Lucarelli, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Vencendo, a Macaca ainda terá condições de seguir na briga pela classificação à próxima fase. Mas, em caso de derrota ou empate combinado com vitória do Red Bull, diante do São Paulo, a Macaca ficará em condição complicada na reta final da etapa de classificação.

“O Ituano é um time muito perigoso e vem fazendo um bom campeonato. Já demonstrou isso contra o Santos, que é o líder da nossa chave. Vamos jogar em casa, ao lado do nosso torcedor, então, temos que nos impor e também ter muita atenção em campo. Faremos de tudo vencer”, garante o goleiro Ivan.

Com nove pontos ganhos, a Ponte ocupa a terceira posição do Grupo A, cinco a menos que o Toro, Loko, que também manda seus jogos no Majestoso. “O torcedor da Ponte é nossa maior força e queremos contar com o incentivo da torcida durante mais este jogo. A torcida nos dá ainda mais força e vontade para para vencer”, arremata.

Quem deixou o departamento médico ontem foi o volante André Castro, que passou as últimas três semanas em tratamento de uma lesão no músculo posterior da coxa direita. Assim, o único que continua sem previsão para treinar com bola é o volante Mantuan. Dos atletas que estavam no departamento médico, Jorginho também ganhou o meia Rafael Longuine, o lateral Arnaldo e os meias Giovanni e Igor Henrique.

Os ingressos para o jogo com o Ituano estão à venda no Majestoso, das 11h às 19h, por R$ 40,00 (inteira) e R$ 20 (meia) nos setores de arquibancada e geral. Os preços para o setor vip são R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia). Criança até 12 anos não paga, mas é preciso preencher o cadastro no site oficial do clube.

A CBF publicou a tabela da Série B com a Macaca fazendo sua estreia diante do Coritiba, fora de casa, no dia 26 ou 27 de abril. Depois, receberá o Criciúma e, na sequência, joga com o Vila Nova, em Goiás. Os dérbis ficaram para as retas finais do primeiro e segundo turnos: 15ª e 34ª rodadas.

Julgamento

Hoje, a partir das 16h, em Fortalzeza, o STJD julga a ação da Ponte que pede a anulação do jogo com a Aparecidense pela primeira fase da Copa do Brasil por motivo de influência externa. O clima no Majestoso é de confiança na remarcação do confronto que terminou por 1 a 0, em Goiás.

Escrito por:

Paulo César Dutra Santana