Publicado 27 de Fevereiro de 2019 - 13h00

Por AFP

Michael Cohen, advogado de longa data de Donald Trump, atacou seu ex-cliente afirmando que ele é "racista, vigarista e trapaceiro" em seu depoimento explosivo ante o Congresso americano nesta quarta-feira. Dirigindo-se ao Comitê de Supervisão e Reforma da Câmara, Cohen - que foi condenado à prisão por crimes relacionados em parte com seu trabalho para Trump - expressou arrependimento por sua lealdade ao presidente no passado."Estou envergonhado por ter escolhido participar dos atos ilícitos de Trump ao invés de ouvir minha própria consciência", afirmou Cohen. "Ele é um racista. Ele é um vigarista. Ele é um trapaceiro", enfatizou.Cohen disse que estava apresentando provas "irrefutáveis" dos erros de Trump, incluindo um cheque de "suborno" pago a duas mulheres pouco antes da eleição de 2016. Ele também disse que Trump dirigiu as negociações para constuir uma Trump Tower em Moscou durante a campanha eleitoral de 2016, apesar de negar qualquer vínculo comercial com os russos. mlm/ec/cn

Escrito por:

AFP