Publicado 21 de Fevereiro de 2019 - 15h00

Por AFP

O ex-meia da seleção francesa Lassana Diarra anunciou nesta quinta-feira sua aposentadoria, aos 33 anos, poucas horas depois do anúncio da rescisão de seu contrato com o Paris Saint-Germain, que ia até junho. "Chegou o momento de pendurar as chuteiras. Dei muito pelo futebol. Graças ao futebol, também recebi muito", escreveu o jogador em sua conta no Instagram. "Não digo que fiz tudo perfeito, mas que fiz tudo com coração, paixão e boa atitude. Obrigado a todos aqueles que me incentivaram ao longo da minha carreira esportiva. Eu viro a página mas não esqueço de nada. Vou continuar trabalhando com entusiasmo, determinação e sinceridade em meus novos projetos", disse Diarra. Horas antes, o PSG havia anunciado a rescisão do contrato do jogador, o que gerou especulações sobre uma aposentadoria próxima."O Paris Saint-Germain e Lassana Diarra chegaram a um acordo para rescindir o contrato que os unia até o dia 30 de junho de 2019. O clube agradece Lassana por seu profissionalismo durante sua passagem por Paris", escreveu o time que lidera a Ligue 1 em um curto comunicado.Diarra chegou ao PSG na janela de janeiro do mercado de 2018, tendo como principal foco as oitavas de final da Liga dos Campeões contra o Real Madrid, onde os franceses acabaram sendo eliminados.Seus números no clube deixaram a desejar: 13 partidas no Campeonato Francês em um ano, sem marcar gols.Nesta temporada apenas disputou três jogos pelo Campeonato Francês, o último contra o Amiens no dia 20 de outubro (5-0).As lesões e a grande concorrência em sua posição foram levando o ex-jogador do Real Madrid e do Chelsea a tomar a decisão.Lassana Diarra, que jogou 34 partidas com a seleção da França entre 2007 e 2016, preparou o que poderá ser sua nova vida após a carreira futebolística, fundando em 2017 uma marca de bebidas para atletas, a Heroic Sports, que tem um acordo com os jogadores de rugby do Stade Français.ah/pgr/dhe/dr/aam

Escrito por:

AFP