Publicado 20 de Fevereiro de 2019 - 20h50

Por AFP

A secretaria de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Kirstjen Nielsen, pediu nesta quarta-feira (20) aos ministros de Segurança da Guatemala, El Salvador e Honduras, que detenham novas caravanas de migrantes que pretendem chegar ao seu país de forma irregular.Na busca por soluções à migração, Nielsen pediu-lhes para mostrar "liderança para deter a formação das caravanas" que, na sua opinião, "trouxeram crime, violência e instabilidade para a região".O encontro de Nielsen e seus homólogos foi a quarta reunião de ministros de Segurança do Triângulo Norte, e aconteceu na cidade de Antiguo Cuscatlán, no leste de San Salvador."Devemos trabalhar juntos para lutar contra esses grupos que estão sendo predadores (traficantes de pessoas) de toda a população", destacou a funcionária americana.Após o fim da reunião, os funcionários dos quatro países assinaram uma declaração conjunta na qual se comprometeram a enfrentar o desafio da migração irregular", segundo Nielsen.Nesta quarta-feira foi apresentado o estudo "Honduras: causalidades da migração internacional" a cerca de 50 acadêmicos na Universidade Nacional, em Tegucigalpa. A pesquisa aponta que as pessoas no país decidem emigrar pela "pobreza e desigualdade", "insegurança"e por "fatores culturais".Esse movimento migratório somente poderá ser contido "mediante um consenso nacional que ataque as causas", disse à AFP José Arnoldo Sarmiento, o pesquisador responsável pelo estudo.ob/cmm/lda/cc/mvvNIELSEN HOLDINGS

Escrito por:

AFP