Publicado 20 de Fevereiro de 2019 - 16h40

Por AFP

Autoridades do governo e altos dirigentes esportivos de Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai receberão nesta quarta-feira em Punta del Este pares da Bolívia para avaliar o pedido do país andino de fazer parte da candidatura à Copa do Mundo de 2030.A Comissão de Postulação para a Copa do Mundo de Futebol de 2030, integrada por esses quatro países sul-americanos, se reunirá no balneário uruguaio e aproveitará a ocasião para avaliar o pedido boliviano, confirmou o secretário de Esporte do Uruguai, Fernando Cáceres.Cáceres confirmou que a delegação boliviana que entregará o pedido será recebida e ouvida, destacando que esta será a primeira reunião da qual o Chile participará ao lado dos três outros integrantes do comitê de candidatura 2030.O ministro de Esportes da Bolívia, Tito Montaño, está no Uruguai encabeçando a delegação com a missão de apresentar a proposta ao comitê a pedido do governo boliviano.A iniciativa já havia sido anunciada pelo presidente Evo Morales há poucos dias. O mandatário boliviano acredita que a proposta da Fifa de aumentar de 32 para 48 o número de seleções na Copa do Mundo a partir de 2022 poderia facilitar a inclusão de outro país-sede.No fim do ano passado, porém, Cáceres afirmou que um eventual pedido da Bolívia para se juntar à organização da Copa do Mundo dificilmente seria aceito.Os governos de Argentina, Uruguai e Paraguai haviam oficializado em outubro de 2017 uma candidatura conjunta para tentar organizar a Copa do Mundo em 2030, ano do centenário do primeiro Mundial, sediado e vencido pelos uruguaios.Na semana passada, o Chile foi oficialmente aceito por Argentina, Uruguai e Paraguai e se uniu aos três vizinhos sul-americanos na tentativa de conseguir sediar a Copa de 2030.Cáceres também informou nesta quarta-feira que o comitê trabalhará com uma consultoria internacional na área dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) na elaboração da candidatura conjunta a apresentar à Fifa.llu/ao/am

Escrito por:

AFP