Publicado 08 de Fevereiro de 2019 - 7h50

Por AFP

O Comitê Internacional Paralímpico vai revogar, "sob estritas condições", a suspensão da Rússia, imposta em agosto de 2016 na sequência do escândalo de doping institucionalizado - anunciou seu presidente, Andrew Parsons, nesta sexta-feira (8), em Bonn, na Alemanha."Após 28 meses de suspensão, estamos convencidos de que isso não é mais necessário, porque a situação na Rússia mudou", justificou Parsons.cpb/ig/tt

Escrito por:

AFP