Publicado 27 de Fevereiro de 2019 - 11h03

Por Paulo Santana

Apesar da distância de cinco pontos para o segundo colocado, o técnico Jorginho acredita que a Ponte Preta ainda tem chances de classificação

Matheus Reche/EC

Apesar da distância de cinco pontos para o segundo colocado, o técnico Jorginho acredita que a Ponte Preta ainda tem chances de classificação

Faltando apenas quatro rodadas para o término da fase de classificação, a Ponte Preta ainda não preencheu as 25 inscrições permitidas pelo regulamento do Campeonato Paulista. Restam duas, mas é certo que uma ficará com o atacante Júlio César, contratado por empréstimo da Chapecoense, na última sexta-feira.

Ele chega hoje a Campinas para assinar contrato até o final da temporada. A outra continua está reservada para o tão esperado atacante de área. O problema é que este jogador ainda não apareceu e o prazo final de inscrição é sexta-feira.

Se demorar um pouco mais, talvez nem seja necessária a vinda para o Estadual, já que a Macaca corre sério risco de ficar fora da próxima fase. Neste caso, seria preciso se contentar em disputar, mais uma vez, o título simbólico do Troféu do Interior.

"Está difícil classificar, mas ainda é possível. Em quatro jogos são 12 pontos. Cinco de diferença e a gente vai em busca disso. Cheguei há pouco tempo e estou completamente focado no próximo adversário", garante o técnico Jorginho, que ainda não venceu no comando do time.

Ontem, os atletas tiveram folga por conta do ajuste na programação em virtude da provável marcação do novo jogo com a Aparecidense pela Copa do Brasil para a próxima semana. Os volantes Mantuan, Igor Henrique e André Castro, que estavam em tratamento, iniciaram a fase de transição. Destes, a principal expectativa envolve Mantuan, que ainda não estreou devido a um problema muscular.

Com a publicação do acórdão ontem, os advogados da Aparecidense garantem que vão acionar o STJD para recorrer da decisão que anulou o jogo vencido por 1 a 0, no último dia 12, pela Copa do Brasil. Eles alegam irregularidades na condução do julgamento realizado em Fortaleza, que terminou favorável à Macaca por 5 a 4. Para a Ponte, não há motivo para preocupação.

Feminino

A CBF divulgou ontem a tabela completa do Campeonato Brasileiro Feminino. Em parceria com o Juventude/Rio Preto, atual vice-campeão brasileiro, a Macaca fará sua estreia diante do Corinthians. O mando de campo será em São José do Rio Preto, a mais de 300 km de Campinas.

Além da equipe adulta, a parceria vale para o sub-18, com 25 atletas em cada categoria. O projeto é comandado pela técnica Doroteia de Souza. Além do Brasileiro, a Ponte jogará o Paulista, com início marcado para o dia 14 de março, e o Brasileiro sub-18, em data a ser divulgada.

Escrito por:

Paulo Santana