Publicado 27 de Fevereiro de 2019 - 12h22

Por Da Agência Anhanguera

Monica Salmaso e Guinga, que se apresentam dia 29 de março no Castro Mendes: ela, dona de voz com timbre especial, ele, considerado por Ed Motta

Divulgação

Monica Salmaso e Guinga, que se apresentam dia 29 de março no Castro Mendes: ela, dona de voz com timbre especial, ele, considerado por Ed Motta "o maior compositor vivo"

De um lado, temos Guinga, violonista que já foi considerado o maior compositor vivo. Do outro, Mônica Salmaso, cantora que já teve sua voz elogiada como o instrumento mais belo do mundo. O que podemos esperar do encontro musical destes dois? Isso é o que o público do FMCB poderá ver respondido durante o Festival de Música Contemporânea Brasileira, no Concerto Comentado com Guinga & Mônica Salmaso, que será realizado no Teatro Castro Mendes no dia 29 de março, às 20h.

Indicada ao Prêmio Sharp como revelação na categoria MPB em 1997, Mônica tem encantado público e crítica com sua “voz precisa e poderosa que vai dos graves aos agudos com um timbre lindamente próprio”, conforme descreve José Miguel Wisnik. E conforme declarou Arthur Nestrovski, articulista da Folha de São Paulo, em 2004: “Um dos instrumentos mais lindos do mundo é a voz de Mônica Salmaso.”

Seu penúltimo CD, Corpo de Baile (2014), com músicas de Guinga e Paulo César Pinheiro, recebeu quatro indicações ao Prêmio da Música Brasileira, das quais venceu duas – Melhor Cantora de MPB e Melhor Canção.

Por toda a sua trajetória e também por sua ligação com Guinga, Mônica foi convidada a participar do 6º FMCB, acompanhando o compositor homenageado do festival. 

“O maior compositor vivo!”, segundo Ed Motta, Guinga  é nacional e internacionalmente reconhecido pela qualidade ímpar de sua obra e já teve várias de suas músicas gravadas pelos maiores nomes da música brasileira, como Elis Regina, Cauby Peixoto, Chico Buarque, Ivan Lins, Lenine entre outros. E tem entre seus parceiros mestres como Paulo César Pinheiro, Aldir Blanc e Chico Buarque.

 

Convidado especial

O evento também contará com a participação de Marcus Tardelli, que é considerado um dos maiores expoentes da nova geração de músicos brasileiros e vem se firmando como um dos grandes nomes do violão no mundo. Seu primeiro álbum solo Unha e Carne, com obras de Guinga, foi citado pela crítica entre os cinco discos de violão mais importantes já lançados no Brasil. Com Unha e Carne, Marcus Tardelli foi o vencedor do prêmio Tim 2007 como Artista Revelação da música brasileira.

Apresentado pela CPFL Energia e produzido pelo Grupo Sintonize, o Festival de Música Contemporânea Brasileira é realizado por meio da Lei Rouanet, Capes/Paep e ProAC ICMS pelo Governo Federal, Ministérios da Cidadania e da Educação, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura e Economia Criativa. Com captação realizada via Incentiv.me, tem também patrocínio de Microgeo e FKB Válvulas e parcerias com a Secretaria de Cultura de Campinas, Instituto CPFL, Unicamp, Proec, e Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas.

AGENDE-SE

O que: Festival de Música Contemporânea Brasileira - FMCB 6 - Concerto Comentado com Guinga & Mônica Salmaso, com participação de Marcus Tardelli

Quando: 29 de março de 2019, às 20h

Onde: Teatro Municipal de Campinas José de Castro Mendes, Rua Conselheiro Gomide, 62 - Vila Industrial, Campinas

Quanto: entrada gratuita, com retirada de ingressos (2 por pessoa) a partir das 19h

Escrito por:

Da Agência Anhanguera