Publicado 19 de Fevereiro de 2019 - 11h07

Por Estadão Conteudo

Elsie Fisher é Kayla, garota que enfrenta as crises de sua idade em 'Eighth Grade': filme levou o Melhor Roteiro dos Writers Guild Awards

Divulgação

Elsie Fisher é Kayla, garota que enfrenta as crises de sua idade em 'Eighth Grade': filme levou o Melhor Roteiro dos Writers Guild Awards

O sindicato dos roteiristas dos EUA entregou na noite de domingo, os seus prêmios anuais, que, geralmente, servem como prévia para os prêmios de roteiro do Oscar. Este ano, porém, o resultado surpreendeu o público, já que o principal vencedor da noite não está ao menos indicado na maior premiação do cinema.  Os Writers Guild Awards, como a premiação é conhecida, em inglês, deu o principal troféu da noite, de melhor roteiro original, para o drama adolescente Eighth Grade, escrito por Bo Burnham.

O filme, que mostra o drama de uma menina (Elsie Fisher) da 8ª série do Ensino Fundamental, que enfrenta as crises de sua idade, superou os três favoritos, que concorrem ao Oscar deste ano na categoria – Roma, de Alfonso Cuarón; Green Book: O Guia, escrito por Nick Vallelonga, Brian Currie e Peter Farrelly; e Vice, de Adam McKay. Concorria ainda Um Lugar Silencioso, escrito por Bryan Woods, Scott Beck e John Krasinski. No Oscar, os filmes No Coração da Escuridão e A Favorita estão indicados na categoria de melhor roteiro original.

A outra principal categoria da noite de domingo, que também é disputada no Oscar, foi de melhor roteiro adaptado. O filme Poderia Me Perdoar?, escrito por Nicole Holofcener e Jeff Whitty e baseado no livro de Lee Israel, que também está indicado ao Oscar, ficou com o troféu.  Nessa categoria, outros três filmes indicados também disputam o Oscar.

São eles: Infiltrado na Klan, escrito por Charlie Wachtel, David Rabinowitz, Kevin Willmott e Spike Lee, baseado no livro de Ron Stallworth; Se a Rua Beale Falasse, de Barry Jenkins, baseado no romance de James Baldwin; e Nasce Uma Estrela, escrito por Eric Roth, Bradley Cooper e Will Fetters, baseado nos roteiros de 1954, de Moss Hart, e de 1976, de John Gregory Dunne, Joan Didion e Frank Pierson, que por sua vez são baseados na história original de William Wellman e Robert Carson. 

A única diferença entre os indicados na categoria de roteiro adaptado é que o Sindicato dos Roteiristas escolheu dar uma indicação para Pantera Negra, enquanto o Oscar preferiu indicar A Balada de Buster Scruggs, dos irmãos Cohen. 

O sindicato premiou ainda, na edição deste ano, o filme Bathtubs Over Broadway como o melhor roteiro de documentário. A produção não compete no Oscar. 

Televisão

O Sindicato dos Roteiristas dos EUA premia ainda, anualmente, os esforços de escritores para a televisão e mídias variadas. Este ano, a série The Americans levou a melhor entre os roteiros de drama, enquanto The Marvelous Mrs. Maisel ganhou o prêmio de melhores roteiros de comédia. 

Barry, da HBO, ganhou um prêmio entre as novas séries, enquanto a minissérie The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story venceu a categoria de formato longo. 

O roteiro do jogo God of War foi o vencedor na categoria de videogame.

Escrito por:

Estadão Conteudo