Publicado 21 de Fevereiro de 2019 - 13h49

Por Estadão Conteúdo

O ator Jussie Smollett foi preso pela polícia de Chicago, nesta quinta-feira, 21, sob a acusação de falsa denúncia às autoridades. Em janeiro, o ator de Empire foi hospitalizado após sofrer um ataque racista e homofóbico.

No decorrer das investigações, a polícia levantou a suspeita de que Smollett teria contratado os agressores para encenar a agressão, porque estava sendo cotado para deixar a série.

A informação da prisão foi dada pelo porta-voz da polícia de Chicago, Anthony Guglielmi, no Twitter.

Na noite de quarta-feira, 20, Guglielmi já havia reportado as acusações criminais contra o ator, apontado como principal suspeito na investigação.

A princípio, a polícia tratava Ola e Abel Osundairo como os culpados pelo crime, mas descobriram relações entre os irmãos e o ator, o que levantou à suspeita de um ataque orquestrado.

Apesar das incertezas envolvendo os novos episódios de Empire, a Fox negou que Smollett irá deixar a série.

Em nota publicada pelo Deadline, a emissora disse que "Jussie Smollett permanece sendo um profissional consumado no set e não será afastado da série".

Escrito por:

Estadão Conteúdo