Publicado 11 de Janeiro de 2019 - 5h30

Após seis anos seguidos de queda, a produção de motocicletas no Brasil voltou a crescer em 2018 - e num ritmo forte: 17,4%, segundo balanço divulgado ontem pela Abraciclo, que representa o setor. O aumento significou a fabricação de pouco mais de 1 milhão de unidades. A volta do crescimento da produção, segundo o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, é reflexo da retomada da confiança por parte do consumidor, da recuperação econômica e do aumento da oferta de crédito, além do número significativo de lançamentos de novos modelos.

Com uma conjuntura econômica mais favorável, as vendas do setor no varejo cresceram 10,5% em 2018, para 940,1 mil unidades. Por outro lado, a exportação caiu 16,8%, para 68 mil unidades, em razão da redução da demanda na Argentina, principal destino das motos exportadas pelo Brasil. Para 2019, a expectativa é de um crescimento mais modesto. (Estadão Conteúdo)