Publicado 12 de Janeiro de 2019 - 19h05

O empoderamento feminino também estará em alta nas próximas produções da teledramaturgia da Record, a novela Topíssima e a macrossérie Jezabel. Segundo apurado, o foco de ambas será destacar a presença e a força das mulheres, em seus respectivos universos. A primeira é uma trama atual, com Camila Rodrigues como Sophia, uma produtora de moda totalmente feminista. A outra, um trabalho de época, protagonizada por Lidi Lisboa. A personagem de Camila estará às voltas em um cenário no qual as mulheres têm o poder de derrubar grandes barreiras impostas pelo machismo, sendo respeitadas e enaltecidas por suas decisões diante da sociedade. Quanto a Lidi, apesar de vilã e até cruel, a ideia é vendê-la como uma pessoa à frente do seu tempo, inteligente e dona do próprio destino, independentemente de ser boa ou ruim. Por trás desta proposta de enaltecer tipos femininos nos dois trabalhos, a constatação que a Record possui uma grande e fiel audiência formada por mulheres, tanto em produtos do Entretenimento quanto jornalísticos. Topíssima será inteiramente gravada no Rio de Janeiro, em locações como universidades, hospitais, hotéis, favelas, ruas e avenidas, e Jezabel movimentará equipes em Marrocos e São Paulo.