Publicado 11 de Janeiro de 2019 - 6h50

Por AFP

O presidente do Comitê Olímpico Japonês, Tsunekazu Takeda, foi acusado em dezembro, em Paris, por "corrupção ativa" em uma investigação francesa sobre a atribuição dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 - disse uma fonte judicial nesta sexta-feira (11), confirmando uma informação do jornal "Le Monde".Takeda foi acusado em 10 de dezembro pelos juízes de instrução parisienses que, há três anos, buscam esclarecer um pagamento suspeito de 2 milhões de euros feito durante a campanha pela candidatura japonesa, em 2013. Tóquio derrotou as candidaturas de Madri e Istambul.bl/epe/pta/pb/me/tt

Escrito por:

AFP