Publicado 25 de Janeiro de 2019 - 11h19

Por Carlos Rodrigues

Rondinelly na partida de quarta: belo gol em chute da entrada da área

Letícia Martins/Guarani

Rondinelly na partida de quarta: belo gol em chute da entrada da área

O futebol é capaz de transformar vilões em heróis em questão de minutos, ainda mais quando se trata de jogos importantes. Rondinelly que o diga. Uma das novidades na equipe titular do Guarani que enfrentou o Corinthians, o meia sofreu por 40 minutos com cobranças e críticas das arquibancadas, mas conquistou a redenção ao marcar o golaço que virou a partida a favor do Bugre. Com a confiança renovada e 'em paz' com a torcida, o jogador espera reviver os bons momentos que o colocaram como camisa 10 e protagonista do time em parte do ano passado.

Se Rondinelly foi um dos nomes da campanha vitoriosa na Série A2 de 2018, o restante da temporada não foi de boas notícias. Entre problemas físicos e atuações ruins, o meia não conseguiu mais se firmar. Ainda assim, renovou contrato e iniciou a pré-temporada como titular, mas a oscilação o fez perder vaga na equipe. A chance só apareceu por conta da lesão de Carlinhos.

"A cobrança é natural, fruto de tudo o que a torcida acostumou a me ver fazendo. Às vezes não atuamos no mesmo nível sempre, mas procuro fazer meu melhor", diz o meia. "Quando não estamos bem, compensamos na vontade. Fui premiado com um belo gol, que ajudou na minha atuação e vai me dar confiança".

O momento de comemoração, porém, acabou ontem mesmo, já que amanhã o Bugre volta a campo contra o Oeste, novamente no Brinco, em busca da segunda vitória consecutiva. "Foi muito bom ganhar do Corinthians, mas passou. É um curto período de recuperação, vamos jogar menos de 72 horas depois da última partida, então não dá tempo de comemorar. Vamos descansar bastante porque temos mais um jogo bem difícil em casa", ressaltou. "Enfrentamos o Oeste quatro vezes no ano passado (duas pela Série A2 e duas pela Série B) e foram partidas difíceis. Vamos ver o que o professor vai nos passar para fazer um belo jogo em casa e conseguir mais uma vitória."

Victor Ramos é reintegrado ao elenco de Osmar Loss

Depois de ter seu contrato suspenso há cerca de dez dias, Victor Ramos será reintegrado ao elenco do Guarani. O zagueiro resolveu os problemas particulares que tinha em Salvador antes do prazo e comunicou o Bugre de seu retorno. A expectativa é de que a partir de hoje o jogador participe dos treinamentos, mas ainda sem previsão de estreia. Afinal não está nas condições físicas ideais e também ainda não foi inscrito no Paulista. Com a volta de Victor Ramos, o Guarani paralisa suas buscas por outro zagueiro, já que fica com quatro opções no setor. Com a inscrição do defensor, 22 vagas para o Estadual já estarão preenchidas. Ainda há a possibilidade de registro de mais cinco jogadores, sendo um goleiro.

Enquanto ganha uma nova alternativa em breve, Osmar Loss perde dois jogadores para a sequência do Estadual. Lenon e Carlinhos tiveram lesões diagnosticadas. O lateral-direito sofreu um problema no reto femoral da coxa direita e o prazo de recuperação é de quatro a seis semanas. Já o atacante lesionou o músculo semitendíneo da coxa esquerda e volta em um mês.

Escrito por:

Carlos Rodrigues