Publicado 07 de Dezembro de 2018 - 18h55

Por Adagoberto F. Baptista

FOTO: PATRÍCIA DOMINGOS

DA AGÊNCIA ANHANGUERA

Em mais um passo de consolidação de seu papel como um dos principais porta-vozes da Região Metropolitana de Campinas (RMC), o Correio Popular criou nesta semana o seu Conselho Editorial. Os médicos e empresários Adhemar de Godoy Jacob e Marco Aurélio Matallo Pavan, responsáveis pelo comando do Grupo RAC, assinaram na última quinta-feira, em reunião extraordinária, a ata que sela a criação do Conselho Editorial.

O Conselho será presidido pelo advogado Manuel Carlos Cardoso, que trabalhou por mais de 30 anos no Departamento Jurídico do jornal, e será composto por seis integrantes, sendo cinco jornalistas e um publicitário: Nelson Homem de Mello (diretor editorial do Grupo RAC), Marcelo Pereira (editor de Cidades e Opinião do Correio Popular), Roberto Godoy (ex-repórter do Correio Popular e repórter especial do jornal O Estado de São Paulo), Ciça Toledo (professora da Faculdade de Jornalismo da PUC-Campinas), Leila de Oliveira (jornalista e editora do site Acesso RMC) e José Alves Neto (publicitário e CEO da agência Comunicação Explícita).

"O objetivo principal é criar uma interação entre o leitor e o jornal, e também defender a liberdade de imprensa do Correio Popular. O Conselho será um grupo totalmente independente da diretoria, mas terá a liberdade para reagir contra qualquer interferência ou ação que viole a liberdade de imprensa, seja da classe política, Ministério Público ou magistratura", destacou Cardoso. Todos os conselheiros atuarão de forma voluntária em prol do jornal. As reuniões entre os integrantes ocorrerão, a princípio, a cada 15 dias, sendo a primeira no próximo dia 19.

[FRASE]

"O objetivo principal é criar uma interação entre o leitor e o jornal, e também defender a liberdade de imprensa do Correio Popular"

Manuel Carlos Cardoso, presidente do Conselho Editorial

COMPOSIÇÃO DO CONSELHO EDITORIAL DO CORREIO POPULAR

Presidente:

Manuel Carlos Cardoso

É advogado e Procurador Federal aposentado. Foi diretor jurídico do Correio Popular e professor de Direito da PUC-Campinas por 33 anos.

Conselheiros:

Nelson Homem de Mello

É jornalista, diretor editorial do Grupo RAC desde 2001, respondendo pelo conteúdo dos jornais Correio Popular, Notícia Já, Gazeta de Piracicaba, além da Revista Metrópole. Formado em Jornalismo pela PUC-Rio.

Marcelo Pereira

É jornalista, editor e coordenador de Opinião do Correio Popular. Formado em Jornalismo pela PUC-Campinas e pós-graduado em Jornalismo de Qualidade pelo Instituto Internacional de Ciências Sociais de São Paulo e em Jornalismo Latino-Americano pela Universidade Tecnológica de Monterrey.

Roberto Godoy

É jornalista, repórter especial e editor especializado em assuntos de Defesa e Tecnologia Militar do jornal O Estado de S. Paulo. Ganhador de 5 Prêmios Esso de Jornalismo (3 individuais, 2 em equipe), 1 Prêmio Rei de Espanha (equipe) e de 12 outros títulos. Foi repórter do Correio Popular no início de carreira.

Ciça Toledo

É jornalista, professora da Faculdade de Jornalismo da PUC-Campinas. Foi diretora da Faculdade de Jornalismo e exerceu outras funções administrativas na Universidade. Atuou na iniciativa privada, nas áreas de assessoria de imprensa e comunicação. Foi repórter e subeditora dos jornais Correio Popular e Diário do Povo.

Leila de Oliveira

É jornalista, (FALTA COMPLETAR)

José Alves Neto

É publicitário, CEO da agência Comunicação Explícita. Formado em Publicidade e Propaganda pela Unaerp (Ribeirão Preto) e vencedor do Prêmio Profissionais do Ano, da Rede Globo.

Escrito por:

Adagoberto F. Baptista