Publicado 08 de Dezembro de 2018 - 19h05

Por Carlos Rodrigues

 O jogo do Guarani contra o Corinthians, pela segunda rodada, no Brinco de Ouro, contará apenas com a presença dos torcedores do time da casa no estádio

Divulgação

O jogo do Guarani contra o Corinthians, pela segunda rodada, no Brinco de Ouro, contará apenas com a presença dos torcedores do time da casa no estádio

Após cinco anos de ausência, o Guarani voltará a disputar a elite do Paulista em 2019 e já sabe que também será afetado pela medida do Ministério Público que proíbe a presença de torcida visitante nos jogos contra Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo, além do Dérbi com a Ponte Preta. A decisão já foi tomada e o Bugre aguarda apenas a notificação, mas já sabendo que não há o que possa fazer para reverter isso.

"O futebol está sendo mal-tratado. A gente quer ver o estádio com festa, mas não podemos transigir quando vemos o risco de torcedores comuns serem agredidos, envolvidos em atos violentos ou que morram pessoas inocentes. Cabe à sociedade e à entidade organizadora pensarem em outra possibilidade, outro sentido de duas torcidas no estádio de futebol. Esse sistema faliu", disse o promotor Paulo Castilho, do Juizado do Torcedor de São Paulo, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Com esse medida, já é certo que o jogo do Guarani contra o Corinthians, pela segunda rodada, no Brinco de Ouro, contará apenas com a presença dos torcedores do time da casa no estádio. Por outro lado, nos confrontos diante de São Paulo, Santos e o Dérbi, não será permitida a presença dos bugrinos. 

Escrito por:

Carlos Rodrigues