Publicado 04 de Outubro de 2018 - 12h25

Por Adriana Villar

Acidentes e batidas de carro são comuns no entroncamento da Rua Maria Augusta de Carvalho Reis com a Avenida Nossa Senhora de Fátima, no bairro Bela Vista, em Campinas. Com a sinalização de chão quase apagada apenas na passagem de uma via para a outra, os carros que param para entrar na avenida acabam sofrendo colisões por parte dos carros que vem atrás em velocidade e, desatentos, não param. Os moradores da rua Maria Augusta de Carvalho Reis defendem que um pare anterior ao entrocamento poderia evitar os acidentes que acontecem.

A reportagem do Correio Popular esteve no local, e confirmou o risco de colisões apresentado pelos cidadãos. Os carros, que descem a via em direção a avenida em velocidade, param apenas no entroncamento, enquanto outros veículos que os seguem são obrigados a frear com mais intensidade. Além disso, motoristas desatentos avançam a sinalização, e acabam colidindo com os carros que passam pela avenida. De acordo com alguns moradores, acidentes graves acontecem com certa frequência, mas as batidas mais leves chegam a ocorrer semanalmente.

De acordo com Carlos Antônio de Carvalho, psicólogo de 53 anos, a população já pediu providências para o local, mas nada foi feito até o momento. “Acredito que só de repintar o pare do entroncamento e adicionar alguma sinalização um pouco mais para trás, muitos acidentes já seriam evitados”, afirmou o psicólogo. Ainda segundo ele, é preciso, também, conscientizar o motorista. “Vejo sempre pessoas passando por aqui dividindo a atenção entre a rua e o celular. Assim, é claro que algum acidente irá acontecer”, informou Carlos Antônio.

Emdec

Escrito por:

Adriana Villar